Espaço de convivência Colégio Avance

ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA

 

”Ninguém educa ninguém, ninguém educa a sí mesmo, os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo.

Qual a importância?

 

Durante todo o Espaço de convivência o aluno produz muito conhecimento e é de extrema importância que esses trabalhos sejam reconhecidos, segundo Cortella (2006, p. 112): Errar é, sem dúvida, decorrência da busca e, pelo óbvio, só quem não busca não erra. Nossa escola desqualifica o erro, atribuindo-lhe uma dimensão catastrófica; isso não significa que, ao revés, deva-se incentiva-lo, mas, isso sim, incorporá-lo como uma possibilidade de ser chegar a novos conhecimentos. Ser inteligente não é não errar; é saber como aproveitar e lidar bem com os erros. Assim, no espaço de convivência os alunos aprendem a lhe dá com os erros e transforma-los em acertos, ainda resolvendo problemas reais que envolvam o bem da sociedade. Assim o aluno desenvolve uma nítida consciência da importância do seu trabalho para melhorar o mundo.  

 

Ao tratar do processo de aprendizagem no contexto escolar deve-se considerar dois fatores de extrema importância, o aluno como agente ativo e participativo do processo da sua aprendizagem e o professor como agente na mediação entre o aluno e a busca por novos conhecimentos.

 

Espaço de convivência

O espaço de convivência é um momento de interação entre os alunos como agentes ativos a partir da zona de interesse individual de cada um, independe do estágio de aprendizagem que ele se encontra. E aí vem o professor como agente mediador. O professor escolhe um tema atual e relevante para a sociedade, e instiga os alunos a estudarem e encontrarem uma solução para o problema.